Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Bienvenue Blog

O lugar secreto de escritos, artes, disparates, filosofias vãs, musicalidade de alma e merchan de segunda categoria.

ﻼჱ Link~

por Laura SaintCroix, em 23.02.13

O de agora não é um anime, mas é o mais importante de todos.

 

Link

Da série de jogos The Legend of Zelda.

 

 

Usarei essa imagem que eu adoro.

 

Bem, o conheci em Super Smash Bros N64.

Eu só jogava com ele, simplesmente.

De tanto gostar, fui ver de onde era e li o nome dele 'Link' e o jogo "The Legend of Zelda - Ocarina of Time, Majora's Mask".

"Olha só.", pensei "Tenho o primeiro jogo!"

 

Eu já tinha entrado no meu emulador e nesse jogo, mas na Lost Woods sempre travava e eu não havia ligado os pontos que o garotinho era o Herói de verde. -rs

 

Foi aí que tudo começou, uma das razões pela qual eu nunca o chamei de Zelda é porque desde o início ele era Link para mim.

Eu tinha acho que 10 anos. :')

 

Depois veio o Majora, que eu e minha mãe (que adora a série também) enchemos o saco do nosso técnico até ele acertar nos plugins pra rodar Majora. >:/

E rodou. HSUUH' o cara quase endoidou, compramos até uma placa de vídeo nova, mas rodou.

 

Sempre, sempre gostei de Castelos e Zelda me veio a calhar como pluma.

Até hoje não sei se gosto de flauta por causa de Zelda ou vice-versa, mas flauta me é nostálgica e eu posso chorar ouvindo, dependendo de como eu esteja me emociona mais que um piano. Embora eu ame piano também.

 

A história do Herói do Tempo, o Escolhido pelos Deuses, do Herói e da Princesa que reencarnam sempre que seu povo precisa deles. Sempre os mesmos espíritos, a mesma coragem e sabedoria, os mesmos. Até o mesmo poder nee? *olha pro Ganondorf*

Isso me arrepia de tanto que gosto disso.

Outro dia chorei feito bebê ouvindo Symphonic Legends de Zelda. -rs

Foi até engraçado. *Yao Ming*

Um dia jogarei todos os jogos da série, entenderei tudo o que puder, porque se dependesse só do meu gostar, caaara, eu teria tudo já.

Mas money que é bom nóis não have. -rs

Mas olha só, já joguei The Wind Waker e Twilight Princess que eu jamais imaginava jogar e sempre tive vontade. :D

 

Já é o começo! ^^

O próximo passo é um figure action. >:D -Q

As paredes do meu quarto tem os Medalhões de Ocarina. A Triforce, o olho Sheikah. A Espada Mestra, os dois escudos dele adulto.

Tudo pintado a guache. Eu subia no banquinho pra pintar, mas pintei tudo. u_u

 

Ele me é muito importante, muito.

 

Meu personagem RIN, ele não existiria se não fosse Zelda... Link.

 

O nome inteiro dele vem de Agahnim, que na época eu li errado, Agahrim. (A Link to the Past)

Por causa da letrinha junta, só fui ler certo da segunda vez que passei o jogo. SHAUSHUUH'

Hoje em dia o RIN não tem a ver com Zelda, no livro, é algo diferente, claro.

Mas nunca esquecerei essa origem. :')

Foi de lá o começo, e não consigo explicar o quanto me é importante.

Parece algo pequeno, mas não o é. É indescritível. \o/

HSUAAHUSUH' aaah, parei de ser melosa. :B~

 

Então. Eis aqui o término da série de meus personagens preferidos. o/

Um grande obrigado ao criador da série, Shigeru Miyamoto.

Um grande obrigado ao Peter Pan, que indiretamente está ligado a mim.

(Gosto do Michael Jackson e ele gosta do Peter, gosto de Zelda e o protagonista foi inspirado no Peter)

Tô saindo da idade de ir pra Terra do Nunca e ele ainda não veio. :< -N

Espero que tenham gostado. m( .v. )m {#emotions_dlg.heart}

Esse post foi longo. 'o'