Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Bienvenue Blog

O lugar secreto de escritos, artes, disparates, filosofias vãs, musicalidade de alma e merchan de segunda categoria.
Bonsoir!
"Nossa Yuu, que título enorme!"
Sim, leia tudinho. :3

Aqui o desenho, como prometido. ^v^

295600_554678987916770_390922598_n.jpg

 Pintado singelamente no Photoshop com brushes de Watercolor.


Sabem, estou tentando me acostumar a soltar a mão para desenhar.
E não há alguém melhor que ele para isso. Sempre tenho vontade de rabiscá-lo de alguma forma nessas roupas.

É o que é capaz de sair sempre.

É estranho, no começo da vida de "desenhar", você quer sempre acertar, acertar, acertar, com traços fortes. Sem rascunhos, e quando saiam rascunhos, você ficava realmente nervoso. (No meu caso, assim foi)
No meio da vida, você entende que não é assim e que não se pode acertar sempre. Então começa a se soltar, como o que tiver que sair, saiu. Mas não sem treinar; quando digo soltar, é a criatividade e o traço, a leveza, e perceber que se não houver o nervosismo a sua mão já meio que "sabe" o caminho a seguir no desenho. As proporções, isso sim, tem que treinar. (E eu aqui sempre treino)

Depois, no fim (não que haja um fim, mas você entendeu o raciocínio), você vê que sua mão já sabe o que tem que fazer (pelo treino), e se você não estiver nervoso nem PREOCUPADO EM ACERTAR, o desenho sai. Livre tal qual borboleta.
E sim, no fim, você vai acabar dando mais valor a um desenho tipo "rascunho" que a um desenho muito limpo e com traços forçados. Um rascunho parece até mais profissional, mais natural.
Não sei se sou só eu que tenho essa impressão.
(Não estou desmerecendo de forma alguma àqueles realismos, isso é outra história)
Você pode passar a amar os rascunhos que você não gostava no começo.

Eu estou no nível treinar, treinar, treinar, anatomia é o cão, mas eu a adoro. E minha mão já está bem mais solta que quando comecei, naturalmente.
Nunca se pode sair dessa fase de treinar, sabe, porque é sinal que estamos sempre nos interessando em diferentes tipos de desenho e querendo nos aprimorar mais.
Desenhar é tão... Vida.

Isso foi quase uma biografia. -N

Eu me referi a vida ali em cima, a vida de quando você começa a desenhar. (E continua para sempre)
A minha vida mesmo, eu sou muito nova para dizer algo sobre a vida. Quem sou eu para falar sobre a vida?
Tá, nem tão nova. ( ._.)"

Talvez algo ali em cima esteja errado aos olhos alheios, talvez eu mude e isso seja bom ou encontre o meu eu, (sim, estou reflexiva hoje) mas de qualquer forma é bom estar sempre evoluindo. Colocar isso em uma postagem é legal também.

Espero que gostem do desenho.
Ah, colocarei fotos, talvez na próxima postagem; do meu celular xing-ling que ganhei de aniversário. :B~

Ele é a cara do LAREINE!

Minha mãe quando viu no site, quase infartou e me chamou porque estava certa que eu ia gostar.

E GOSTEI MESMO! haha

Bom, é isso. (^^)/