Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Bienvenue Blog

O lugar secreto de escritos, artes, disparates, filosofias vãs, musicalidade de alma e merchan de segunda categoria.

Bonjour!

Estou com vontade de pintar mais rosas, e na verdade, de pintar um quadro pequeno para deixar na minha mesa. Um quadro em específico. Eu tive uma ideia ontem, hoje saiu uma foto nova e agora a ideia se multiplicou em duas e eu quero pintar duas pessoas. Para mim, para minha mesa.

Mas não tenho o tamanho de tela ideal.

Quero coisinhas pequeninas e quadradinhas, como porta retratos.

Vou ver com a minha véia se ela descola uma ida a um lugar e comprar tela assim da próxima vez que formos à cidade.

 

Hoje saiu dois PVs do Matenrou Opera, de Phoenix e Pantheon. Phoenix já estava gravado, provavelmente, e eles estão muito bonitos, eu adorei aquelas roupas. Espero que com o PV inteiro, apareça mais as cores. E o Sono andando na floresta é interessante.

O PV de Pantheon foi o que eu mais gostei, música nova. Eles estão incríveis, completamente de preto.

Pffff, EU AMEI. A M E I.

Terminei a prévia e as minhas mãos estavam tremendo. A música foi nostálgica como se eu já conhecesse.

 

E isso me lembra que eu estou devendo uma review de Lineage. Não é exatamente review, talvez outro dia eu seja mais objetiva.

Vou falar da música Lineage em si, que foi minha preferida. E olha que as outras estão lindas também, Marionette é minha segunda preferida, Inheritence tem seu quê de especial. Shadow Fang é praticamente um tema para o Cloud, a letra é todinha ele. La Musique é uma ode à beleza. A Day Without You foi a menos chamativa, faltou um quê nela para ser tão lembrada, apesar de tudo.

Mas Lineage me pegou porque é perfeita. Ela pode ser o que representa Versailles, o poder, soberania de uma banda de estética perfeita. E parece um tema de jogo épico, eu me senti jogando Symphony of The Night, HAHAHA. A letra é todinha o Rin, a personalidade dele e a história, eu acho que o KAMIJO hackeou meu pc e pegou minha história para ler, porque mesmo se fosse baseado não descreveria tão bem e tão intimamente.

Então eu amei. Ela entrou no podium de Love from a Dead Orchestra e God Palace para mim. Ela entrou em primeiro lugar.

 

La Musique preciso citar o finalzinho com o KAMIJO se superando cada vez mais na voz, o homem é imparável.

Que orgulho. Ele é meu orgulho.

 

Então Versailles e Matenrou Opera merecem:

Cinco sapinhos psicóticos.

Depois:

Cinco coraçõeszinhos!

 

Na verdade mais, até.

Sempre mais.

 

Já eu, estou sentindo evoluir de nível nas pinturas. Cara, foi tão gostoso pintar sem se preocupar em preencher 100% a tela com grossas camadas de tinta. Acho que na realidade, os pintores não estão muito aí para preenchimento. A estética é o que deve contar. Sem regras.

 

Evoluindo meu "aestheticism" com o KAMIJO. Rosas devem ser o caminho.

Foto da minha pintura. Me sigam no insta, tá ali do lado. -->

 

17077433_1359605277416241_8916400845784875008_n.jp

Eu só não falo "nem parece coisa minha" porque tem rosa, deve parecer um pouco comigo.

Beijitos.