Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Bienvenue Blog

O lugar secreto de escritos, artes, disparates, filosofias vãs, musicalidade de alma e merchan de segunda categoria.

Sentindo-se com calor

por Laura SaintCroix, em 20.02.17

E com final de resfriado.

O calor está me fazendo virar cinzas.

Eu poderia estar revisando meu livro, escrevendo minha parte do capítulo para o livro em conjunto com a Yasu, escrevendo um conto que quero para uma antologia de um amigo, vendo alguns concursos que anotei (a maioria só pra ver mesmo), escrevendo conto para antologia vampírica da Empíreo, pintando aquarela, pintando rosas em tela (porque certamente sai rosas, né), rascunhando, vendo se faço capas no Ps, embora não tenha nenhuma a fazer realmente...

Mas estou com dor no ombro e com vontade de fazer nada. Detesto essa dor no ombro direito, perto da espádua.

Acho que vou mexer com biscuit. Ver se ainda consigo fazer um bonequinho do Rin.

Ele está meio feito. Vou tentar fazer algumas coisas, acho que ficará interessante.

 

Eu guardei um resto de uma outra vez, mas fiz mal e endureceu. Era meio biscuit, deu a maior pena.

Não sou a rainha do biscuit, é a primeira vez que mexo com isso. Tem gente que até enverniza. É uma gracinha.

O plano é fazer o cabelo dele hoje. A roupinha e o resto está feito.

 

Imagem para a cara da postagem.

 

image1.JPG

 

Preciso falar das desgraças (que só o meu exagero e prolixidade "escritiva" fazem desgraça o que não passa de calor e falta de paciência), então preciso falar das glórias e júbilos também (respectivamente álbuns do Matenrou Opera e Versailles, hahaha).

Nem dá para acreditar que fui eu quem fiz esse olho. Pode não parecer nada de mais a um profissional de aquarela, mas há alguns dias eu não conseguia nem mesclar as cores direito, agora tem até um degradê e uma cor "sumindo" nas beiradas. Eu estou muito contente com o resultado desses dias insatisfeita. A satisfação foi maior ao acertar um pouquinho.

Amo o azul da prússia e o amarelo ouro. E o vermillion, que é o avermelhado bonito ali.

 

Inté. Escrever com despretensão no blog é relaxante.

"Mas Laura, vai escrever o livro"

"Vou nãm"

 

E hoje é o aniversário da minha melhor amiga literária, companheira de carreira e de sofrimento por shipps star crossed, Yasu!

Intimidade é uma merda, né, velha? A pessoa merece cinco sapinhos psicóticos:

É uma grande pessoa!

Recadinho:

shippo mesmo.jpg

Essa imagem do Silvio é muito representativa.