Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Bienvenue Blog

Maresia de inspirações, disparates, aventuras, desabafos, misturas. Aquarelo por aí também. Mantendo a alma livre o mais que posso.

Bonjour zzz estou escrevendo isso à noite porque amanhã eu vou estar ocupadinha

Li alguns contos, mais que a última vez.

A primeira parte com meu pedido de desculpas está aqui.

 

Capa:

capa_tratadooculto.jpg

 

Continuando...

 

9- Família número três - Fabio Domingues

Esse conto não me causou muita coisa diferente, mas gostei do jeito da narrativa, é bem natural e parece que você está, não sei, ouvindo seu primo do interior contar um causo, hahaha (no meu caso eu sou a prima do interior). Então eu gostei dele, e o desvendar do mistério é... misterioso (ba dum tss)

Não vou dar nota maior porque há uma cena de esfaqueamento e uma menção a ossos quebrando em não sei quantos pedaços e... por mais impactante que queira ter parecido, acho que só se o cara fosse amassado por um trator isso iria acontecer. Faltou um tico de tato.

Nota: 3,5

 

10- Flores em réquiem - Claudia Mina

Esse foi o que ganhou um prêmio e, ao ler e ver o desfecho, entendi o porquê. Além da escrita ser muito boa, ambiente, clima, sensações, a linha começo-meio-fim de todo o conto faz vir a tona os vilões mais possíveis e verossímeis, sem esfregá-los nas nossas fuças, eles estão lá. Sem spoiler porque é muito bom, diferente do que uma pessoa seguiria geralmente para um conto de terror. E o toque de esperança no finzinho me emocionou.

Nota: 5

 

11- Um doce envelhecer - Taiane Gonçalves Dias

Hahahaha, esse conto é puro karma. Achei foi pouco.

Tinha ideia que seria uma coisa dessas, não muito meu tipo de conto, só não foi ruim. Também vou deixar para lerem.

Nota: 3,5

 

12- Putridamente Inocente - Guilherme Galdino

Esse aqui me lembrou o chamado Vale dos Suicidas dentro do Espiritismo. A condução do texto foi muito boa para se chegar ao ápice, eu gostei muito e aqui finalmente souberam usar a imagem infantil de forma medonha (e isso é uma coisa boa). A única coisa que não gostei desse conto é o título, ele passa uma ideia gore ou trash meio errada. Se fosse eu a nomeá-lo, deixaria o contraste pelo que ocorre no conto.

Nota: 4

 

13- O Vale dos Mortos - Larissa Prado

Esse conto me deu medo, adorei. O medo das sensações que algo pode lhe causar, acho que é isso, algo que você não sabe o que é. Porque não pareceu o que tinha no lugar, mas o lugar em si. Esse título veio muito a calhar. O ocorrido, o decorrer. Desculpem o spoiler, mas não percam de ler, eu o li faz um tempinho e a sensação ao passar os olhos perdura. E a narrativa é bem bonita, eu presto atenção na estética da coisa.

Nota: 5

 

14- O Semblante - Gabriel Menicucci

Cara, eu estava sentindo muito a falta do que aparece nesse conto, porque até aqui, tantos fantasmas, aparições, cultos ao profano... E nada deles?

Deve ter sido uma referência ao Médico e o Monstro, e está de parabéns. Não vou dar a notinha máxima porque eu fiquei um pouquinho perdida sobre o passado do dito cujo, e uma pincelada a mais ficaria ótimo.

Nota: 4,5

 

15- O poço - Rodrigo Rodrigues

Esse conto foi o único até aqui a me causar a sensação de piedade e perda, e asco. Tocou num ponto fraco, eu diria. Fraco para a maioria de nós. Não vou dizer o que é, mas foi no ponto.

Infelizmente desandou no final, tudo isso e o babaca era egoísta? Mas apesar de eu achar desandado, é um desandado coerente ao babaca. Eu estou falando pouco desses últimos contos porque eu gostei deles, e não quero que vocês percam de se surpreender.

Nota: 4

 

16- O mercado - Carvalho Filho

Esse aqui já merece pelo menos 3 pontos por se passar num local totalmente inusitado e com uma temática tão inusitada quanto, mas... a forma da narrativa deixou a desejar para surpreender, parece só uma longa tentativa. Não tivemos medo pelo homem no conto, nem muita piedade pelos animais, por falta de criar algo assim na narrativa. Acho que faltou personalidade, voz.

Nota: 3

 

Por hoje eu vou encerrar, para ficar igual a primeira parte. E porque estou caindo de sono e com medo de isso prejudicar meu falatório.

Essa segunda leva foi melhor, parece que o início do livro foi um aquecimento.

Será que isso é coisa do organizador? hahaha

 

Boa noite ~~

 

PARTE 1 | PARTE 3 | PARTE 4 | PARTE 5